Faça sua busca
Pesquisar no site

Saiba mais sobre o projeto Parto Adequado

O Hospital Sepaco é membro do projeto Parto Adequado e realiza ações importantes no incentivo ao parto natural. Mesmo sendo um hospital geral de alta complexidade, a instituição possui estrutura para internação de parturientes em uma unidade específica, conhecida como Unidade de Cuidados da Mulher, pré-parto e duas salas de partos reversíveis entre natural e cirúrgico se necessário for.

Sempre atento ao binômio mãe/recém-nascido, o Sepaco trabalha em sua rotina com quatro preceitos básicos do Parto natural: liberdade de movimento à parturiente em trabalho de parto; alívio da dor por meios alternativos e não exclusivamente os tradicionais métodos de analgesia; alimentação leve para a mulher durante o trabalho de parto; e contato físico precoce entre mãe e recém-nascido.

O Projeto Parto Adequado é uma iniciativa do Ministério da Saúde, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e do Hospital Israelita Albert Einstein. Participam desta iniciativa 38 hospitais privados, 4 hospitais públicos e mais de 34 operadoras de planos de saúde de todo o país.

A ação envolve principalmente o engajamento do Corpo Clínico, das enfermeiras obstetras e das próprias gestantes, promovendo a revisão das práticas relacionadas ao atendimento mãe/recém-nascido, desde o pré-natal até o pós-parto, favorecendo o parto natural.

O parto normal é o método mais natural e seguro de dar à luz e também é uma experiência única e inesquecível. Ele respeita o momento certo do nascimento e ocorre de forma natural, iniciando-se de forma espontânea e acontecendo por via vaginal. Na maioria dos casos, é necessária apenas a vigilância e o apoio dos profissionais de saúde.

No parto normal, é possível a utilização de analgesia como forma de diminuir as dores e a mãe participar ativamente do processo.

Taxa de parto normal – Robson 1-4 | Hospital Sepaco