Faça sua busca
Pesquisar no site

2 de outubro de 2018

As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo, vitimando, de acordo com a organização Mundial de Saúde (OMS) cerca de 17,7 milhões de pessoas em todo o mundo. Desse total, estima-se que 7,4 milhões ocorrem devido às doenças cardiovasculares e 6,3 milhões devido a acidentes vasculares cerebrais (AVCs).

Neste Dia Mundial do Coração, 29 de setembro, o Dr. Alfredo A. Eyer Rodrigues, cardiologista do Hospital Sepaco, ressalta que o grande desafio é conscientizar a população que a prevenção é a maior chave para mudarmos esse panorama. “Quase metade das pessoas que morrem devido à doenças cardiovasculares estão no período mais produtivo da vida – entre 15 e 69 anos de idade”. 

As doenças do sistema cardiovascular estão relacionadas principalmente a fatores como hereditariedade, idade e gênero, mas outros como tabagismo, colesterol elevado, aumento da pressão arterial, diabetes, obesidade, aumento da circunferência abdominal, alimentação inadequada e falta de atividade física podem contribuir para o surgimento e agravamento da doença.

Quando o assunto é a prevenção das doenças cardiovasculares, é necessário sabermos que a mudança de hábitos simples no cotidiano pode colaborar e muito para cuidar melhor do coração. Algumas dicas saudáveis são: abandonar o cigarro e não exagerar no consumo de álcool, ter uma alimentação balanceada, fazer uma atividade física, manter um peso saudável, conhecer seus números (pressão, colesterol, glicose) e conversar com seu médico para estar cada dia melhor!

Lembre-se: dê um passo de cada vez. Inicie com o item que julgar mais fácil e vá incorporando novos hábitos com o tempo! Pequenas mudanças fazem grande diferença!

29 de setembro de 2015

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2010, as doenças cardiovasculares foram responsáveis por 30% das mortes e, no Brasil, foram mais de 300 mil mortes por ano, porém mais de 17 milhões de pessoas foram afetadas pela doença cardiovascular.

Quase metade das pessoas que morrem devido à doenc?as cardiovasculares esta?o no peri?odo mais produtivo da vida – entre 15 e 69 anos de idade. Segundo o dr. Alfredo A. Eyer Rodrigues, cardiologista do Hospital Sepaco, o grande desafio é conscientizar a população que a prevenção é a grande chave para mudarmos esse panorama.

As doenças do sistema cardiovascular são relacionadas a fatores de risco que não podem ser modificados (hereditariedade, idade e gênero) e por fatores modificáveis (tabagismo, colesterol elevado, aumento da pressão arterial, diabetes, obesidade, aumento da circunferência abdominal, alimentação inadequada e falta de atividade física). Destes 11 fatores apenas três na?o podem ser controlados, prevenir as doenc?as cardiovasculares e? fa?cil! Basta seguir passos simples e adotar ha?bitos de vida sauda?veis!

É necessário entender que mudar simples hábitos do cotidiano pode colaborar e muito para cuidar melhor do coração. Algumas dicas saudáveis são abandonar o cigarro e não exagerar no consumo de álcool, tenha uma alimentação balanceada, faça uma atividade física, mantenha um peso saudável, conheça seus números (pressão, colesterol, glicose) e converse com seu médico para estar cada dia melhor!

Lembre-se: de? um passo de casa vez. Inicie com o item que julgar mais fa?cil e va? incorporando novos ha?bitos com o tempo! Pequenas mudanc?as fazem grande diferenc?a!