Faça sua busca
Pesquisar no site

Notícias

16 de julho de 2013

Na semana passada, o Sepaco e o Banco de Sangue Paulista realizaram a campanha “Doação de sangue, um gesto de amor!”. O objetivo desta ação foi conscientizar seus colaboradores e a população em geral sobre a importância de se tornarem doadores.

Segundo dr. Linus P. Fascina, superintendente médico hospitalar do Sepaco, a campanha foi um sucesso. “Conseguimos entre colaboradores, voluntários e familiares, um total de 195 doadores, o que resultará no atendimento de, pelo menos, 600 pacientes”, comenta animado.

Vale ressaltar que é importante ter a consciência de doar não apenas quando há uma campanha, mas sim, criar o hábito saudável de ser um doador ativo, para com isso, gerar uma mudança de comportamento do bem na sociedade. Veja alguns depoimentos de pessoas que ajudaram e inspire-se:

“Fiquei muito feliz por ter ajudado alguém. Acho muito importante este tipo de ação. Por que não fazê-la, não é mesmo?”, Claudia Mathias Batista, profissional de RH da região do Jardim Santa Emília

“É muito relevante doar. Afinal, você também pode precisar de sangue lá na frente. É a primeira vez que participo de uma campanha assim e sinto-me plena, de verdade”, Camila Jioconda, monitora de alunos da região de Mauá

“Este ato representa para mim solidariedade”, Karen C. de Carvalho, auxiliar de limpeza da região de Itaquera

“Sinto-me bem em ter colaborado com o outro”, Márcia Rocha da Silva, auxiliar de enfermagem – Sepaco

7 de julho de 2013

Com o tema “Festa Junina”, o Hospital Sepaco preparou este ano uma Sipat (Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho) repleta de atividades, que aconteceram 24 a 28 de junho, com palestras, ações lúdicas, gincanas e massagens relaxantes. Neste arraiá da segurança, o destaque foi para a ação “Campanha Jovem Pan pela vida contra as drogas”, coordenada pela jornalista Izilda Alves.

O projeto, idealizado pelo presidente da rádio, Antônio Augusto Amaral de Carvalho, já percorre escolas e instituições há nove anos, levando informação de qualidade sobre a importância da prevenção ao uso de drogas e álcool. E, agora, chega à instituição reforçando a importância da abordagem do assunto com relação à prática da segurança.

“É importante falarmos aos profissionais da saúde, pois estes lidam diretamente com as consequências da utilização das drogas”, destaca Izilda. A jornalista também acredita ser necessário passar conhecimento e informação aos pais de adolescentes, principalmente, mostrando como se deve lidar e tratar o tema com os jovens nesta situação.

Para Fábio Veronezi, presidente da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho) no Sepaco, foi uma honra receber esta ação na Sipat. “Esperamos com isso conscientizar colaboradores sobre a problemática das drogas para que entendam a gravidade do assunto e multipliquem as informações para amigos e familiares”, conta.

Hamilton Inforzato Fanale, gerente de RH do Sepaco, concorda e completa: “Agradecemos a presença da Jovem Pan na instituição. Temos certeza que esta campanha mobilizará o público e será uma semente plantada para que a sensibilização perdure na vida de todos os seus participantes”.

A “Campanha Jovem Pan pela vida contra as drogas” já foi premiada mais de 20 vezes, por prefeituras, empresas privadas e de direitos humanos.

7 de julho de 2013

A companhia Melhoramentos, em parceria com o Banco de Sangue Paulista e o apoio do Sepaco, promoveu a 1ª campanha “Doe Sangue, Salve Vidas”, na unidade Lapa, zona oeste de São Paulo.  O objetivo desta ação foi conscientizar seus colaboradores e a população em geral sobre a importância de se tornarem doadores.
Sérgio Sesiki, presidente da Companhia Melhoramentos, acredita que ações como esta devem ser realizadas periodicamente para que haja realmente uma mudança de comportamento e as pessoas passem a tornar um hábito saudável a doação de sangue. “Estamos muito felizes com o retorno e pretendemos estender para todas as nossas unidades”, afirma.
Segundo dr. Marcello Perez Pontes, gerente médico do Banco de Sangue Paulista, não é uma prática comum realizar esse tipo de campanha nas instalações de empresas. “Aceitamos o desafio, pois quando a coleta é feita dentro das empresas há um fator importante: o doador de ‘primeira viagem’ perde o medo e pode se transformar em um doador frequente”.

Bons exemplos surgiram nesta iniciativa. Um deles foi o Leonardo Magno Moreira, colaborador da Melhoramentos que participou pela primeira vez. “Decidi fazer a doação porque poderia mudar a vida de alguém realizando um procedimento simples, sem dor e seguro, em apenas 10 minutos. Me senti muito bem e já optei por ser um doador ativo”.
Raquel Lima concorda com Leonardo e reforça que pretende continuar contribuindo com a causa, pois a sensação de ajudar a salvar a vida do próximo é muito gratificante.
Dr. Marcello explica que há uma carência de doação nos meses considerados tradicionalmente como os de férias – janeiro, fevereiro e julho, já que as pessoas estão mais atribuladas com compromissos pessoais e viagens. “Se houvesse um aculturamento e todos doassem sangue, apenas uma vez por ano, não haveria falta de sangue nos hospitais”, explica o médico.
O Hospital Sepaco abraçou a causa e apoiou o projeto. Cada um precisa fazer sua parte e, contribuir com ações como esta, é de suma importância para a instituição. “Acreditamos que fortalecer uma corrente do bem pode trazer benefícios imensuráveis para ajudar a sociedade a salvar vidas”, avalia Marcos Neles Anacleto, superintendente de operadora de saúde e marketing do Sepaco.

17 de junho de 2013

Sensação de bem-estar e sorriso de canto a canto; esses são alguns sintomas daqueles que doam ou já doaram sangue. Mesmo assim, a falta de doadores faz com que bancos de sangue operem no limite. Por conta disso, a Companhia Melhoramentos, em parceria com o Banco de Sangue Paulista e o apoio do Sepaco, promove entre os dias 03 e 04 de julho, a 1ª Campanha Doe Sangue, Salve Vidas, realizada na unidade Lapa, zona oeste de São Paulo.

Além dos sintomas já citados acima, quem doa sangue corre menos risco de ter problemas cardiovasculares, além de estar sempre em dia com exames de check-up, como: Hepatite B e C, Sífilis, HIV, HTLV I e II e Doença de Chagas. Em alguns estados do país, inclusive, é possível obter benefícios como meia-entrada em cinemas, teatros, shows, descontos em concursos públicos e um dia a mais de férias.

Para Marcos Neles Anacleto, superintendente de operadora de saúde e marketing do Sepaco, apoiar esta ação é de suma importância para a instituição. “Acreditamos que fortalecer uma corrente do bem pode trazer benefícios imensuráveis para ajudar a sociedade a salvar vidas”, comenta.

Se você tem dúvidas se pode ou não doar sangue, entre em contato com o Banco de Sangue Paulista. Após isso, é só se dirigir até a Melhoramentos e fazer a coleta.

Serviço

1ª Campanha Doe Sangue, Salve Vidas
Dias: 03 e 04 de julho de 2013
Horário: Das 08h30 às 13h
Local: Melhoramentos – Unidade Lapa – Rua Espártaco, 685 – Vila Romana (Lapa) – São Paulo
* Obrigatório apresentação de documento com foto

11 de junho de 2013

Para promover e reforçar a importância da Sipat (Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho), que acontece entre os dias 24 a 28 de junho, o Hospital Sepaco realizará em suas instalações um verdadeiro arraiá da segurança. É isso mesmo! Aproveitando o clima das festas juninas, a temática visa conscientizar de maneira lúdica os colaboradores da instituição sobre a prática da prevenção.
“O trajeto para festança, por exemplo, está associado ao caminho até o Sepaco, que irá refletir sobre a importância do cuidado com acidentes de trajeto. Para acender a fogueira são necessários luvas e sapatos apropriados, assim como os equipamentos de segurança no dia a dia do funcionário”, explica Fábio Veronezi, presidente da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes).
Uma série de atividades interativas e palestras, também, vão abordar assuntos como motivação, equilíbrio emocional, obesidade, ginástica laboral e gincanas. O destaque vai para a palestra em prol a prevenção de drogas, organizada pela Rádio Jovem Pan, marcando presença na instituição pelo segundo ano consecutivo. O objetivo da iniciativa é levar informação de qualidade sobre a importância da prevenção ao uso de drogas e álcool.
Ainda entre as atrações estão incluídos Quiz itinerante pelo hospital, com perguntas a respeito de segurança e prevenção de acidentes no ambiente de trabalho, oficinas de beleza e relaxamento, com sessões de massagens corporal e facial, acupuntura, reflexologia podal, auriculoterapia e shiatshu.
Segundo Hamilton Inforzato Fanale, gerente de Recursos Humanos do Sepaco, oferecer eventos como este aos colaboradores é de suma importância. “Ao unir pessoas e conscientizá-las do quanto é imprescindível que cada um faça sua parte, alcançamos um resultado maior, ou seja, o bem de todos”, comenta.

Postado em Notícias, Sem categoria | Tags:
11 de junho de 2013

 

Engajado em ações sociais, o Sepaco abraçou, junto com a TV Record, o caso de Miguel Oliveira, um garoto de três anos com problemas de obesidade infantil, questão que afeta 36,6% das crianças no Brasil, de acordo com a Pesquisa de Orçamento Familiar (POP), realizada pelo IBGE em parceria com o Ministério da Saúde.

Para auxiliá-lo, a instituição assumiu os custos de seus cuidados nas áreas de cardiologia, representada pela dra. Ana Paula Abrahão, e neurologia, com a dra. Letícia Soster, além dos exames solicitados.

Clique aqui e confira a matéria que foi ao ar, no programa “Hoje em Dia”.

 

Legenda da imagem: dra. Letícia Soster, neurologista do Sepaco, dá orientações para Miguel e sua mãe

3 de junho de 2013

A dengue é uma doença infecciosa viral, transmitida pela picada do mosquito fêmea Aedes aegypti e está presente em mais de 125 países, superando a malária, de acordo com a    dra. Fátima Porfírio, infectologista do Hospital Sepaco. Além disso, a Organização Mundial de Saúde (OMS) classificou-a como a enfermidade que possui propagação mais rápida do que as demais doenças.

A médica conta que o maior perigo dela é a água parada. Isto se deve ao fato da reprodução do mosquito, que deposita seus ovos no líquido, dando vida a novos transmissores. Sendo assim, fique sempre atento aos principais acumuladores de água: pneus velhos, pratos de plantas, caixas d’água mal tampadas, calhas entupidas, entre outros locais.

O período de incubação é de 5 a 6 dias, intervalo entre a picada e o aparecimento da doença. Normalmente, a partir do 3º dia é que os sintomas começam a aparecer e podem variar de simples, como resfriados, a médios, ocasionando dores musculares, nos ossos e articulações, atrás dos olhos, de cabeça, vermelhidão no corpo, vômitos, tonturas e perda do apetite.

No quadro mais avançado pode ocorrer febre alta repentinamente, geralmente entre 39º e 40º, dores abdominais fortes e contínuas, vômitos persistentes, sangramento pelo nariz, boca e gengivas, sonolência, agitação, confusão mental, insuficiência respiratória e choque. “Nestes casos, é necessário buscar imediatamente ajuda médica, pois pode levar a pessoa à morte em até 24 horas”, explica a infectologista.

Em crianças, a febre pode vir acompanhada de apatia e recusa na hora de comer, além de diarreia. Segundo a especialista, o diagnóstico é feito por meio de exame laboratorial, porém, não existe tratamento específico, apenas algumas formas que aliviam os sintomas.

“É preciso ingerir muito líquido e repousar, além de utilizar apenas os medicamentos indicados pelo médico”, explica.

“É preciso enfatizar que o paciente não deve optar pela automedicação em casos de suspeita de dengue, pois há medicamentos, como ácido acetilsalicílico, que provocam complicações no quadro”, comenta a infectologista, que destaca a prevenção como a melhor forma de tratamento. “Fique sempre atento, pois o foco da dengue pode estar dentro da sua casa”, conclui.

Postado em Notícias, Sem categoria | Tags:
3 de junho de 2013

Nesta época do ano é muito comum o surgimento das alergias e o Sepaco alerta para a importância de conscientizar a população sobre essa doença.  A rinite alérgica  está entre as mais comuns, segundo dados da WAO (World Allergy Organization), trata-se de  um processo inflamatório da mucosa nasal decorrente de uma reação exagerada a uma ou mais substâncias, chamadas de alérgenos. Ela  não tem cura, mas é possível mantê-la sob controle.

Há vários fatores que podem contribuir  para a ocorrência de rinite alérgica, desde a predisposição familiar, mas, principalmente, o contato com os agentes que desencadeiam o processo alérgico. Entre os mais comuns estão a poluição ambiental, poeiras, ácaros, pêlos de animais domésticos, e até mesmo uma mudança brusca de temperatura, variação na umidade relativa do ar, qualquer cheiro mais forte ou até mesmo o estresse.

Na verdade, o alérgico   possui a mucosa nasal tão “sensível” que deixa de reagir apenas a esta ou aquela substância que causa alergia e passa a inflamar por literalmente qualquer motivo. No mundo inteiro nota-se um aumento da incidência de riniteda doença com o passar das décadas. Alguns estudos quantificam esse crescimento em até 40%. Identifique agora como detectá-la.

Principais Sintomas:
•    Irritação no nariz, na boca, nos olhos, na garganta, na pele ou em qualquer outra região;
•    Problemas com odores;
•    Coriza;
•    Espirros;
•    Lacrimejamento nos olhos.

Sintomas da rinite alérgica, que podem se apresentar posteriormente:
•    Congestão nasal;
•    Tosse;
•    Diminuição da audição e diminuição do olfato;
•    Dor de garganta;
•    Olheiras;
•    Olhos inchados;
•    Fadiga e irritabilidade;
•    Cefaleia;
•    Problemas de memória e lentidão de raciocínio.

Como tratar?
O tratamento à doença tem início com o controle do ambiente para reduzir a exposição aos fatores que desencadeiam a alergia, ou com medicamentos para conter os sintomas e a inflamação da mucosa nasal.

Para evitá-la, medidas simples como dar preferência a pisos que possam ser limpos com um pano úmido (pelo menos uma vez por dia), manter a casa arejada e ventilada, evitar o uso de tapetes, cortinas, carpetes, bichos de pelúcia e o contato com cães e gatos, tirar cobertores e tudo que não é utilizado com frequência do guarda-roupas para tomar sol e usar aspiradores, ao invés de vassouras e espanadores que espalham mais a poeira.

Postado em Notícias, Sem categoria | Tags:
3 de junho de 2013

Com o foco em vendas, as mais modernas técnicas e conceitos de marketing serão apresentados aos corretores de seguros no 1º Encontro de Vendas do Sepaco, que acontece no dia 11 de junho, na sede da instituição.

A ação, que tem como objetivo estreitar relacionamento com o público, trará como convidado Dennis Penna, um conceituado palestrante do segmento. Graduado  em Ciências Jurídicas, com pós graduação em administração e marketing, Penna conta com vasta experiência nas áreas de planejamento e marketing de relacionamento (CRM), além de ter desenvolvido inúmeros projetos em empresas de todo o País, ser consultore autor do livro “Motivação nota 10”.

Durante a apresentação, Penna abordará temas, como: características do vendedor eficiente; técnicas de vendas: conceitos complexos são transformados em dicas simples e práticas; a importância do planejamento; descobrir e explorar pontos fortes; e direcionar o pensamento do cliente. A palestra ainda incluirá as ferramentas de fidelização de clientes e informações de como se diferenciar (e sobreviver) na era digital.

O evento é gratuito e tem vagas limitadas. Os interessados poderão confirmar presença pelo telefone (11) 2182-7692 ou pelo e-mail: comunicacao@sepaco.org.br

Serviço:

Data: 11/06 (terça-feira)

1º turma
Das 8h às 9h: Credenciamento e café da manhã
Das 9h às 11h: Palestra

2º turma
Das 14h às 15h: Credenciamento e café da tarde
Das 15h às 17h: Palestra

Local: Rua Vergueiro, 4.210 – Vila Mariana – SP
Entrada pelo andar Térreo

3 de junho de 2013

Com o objetivo de expandir sua atuação junto à comunidade e valorizar o ser humano, este ano, o Hospital Sepaco abre inscrições para quem deseja  trabalhar como voluntário na instituição. Os interessados poderão escolher as áreas de atuação: Recepção, Serviço Social, Imagem, Pronto Atendimento, Ambulatório, Unidade de Internação e Entretenimento.

“O intuito é dar suporte aos pacientes, desde uma simples orientação até um apoio emocional para lidar com uma questão mais séria de sua saúde, por exemplo”, explica dra. Luci Meire Pivelli Usberco, superintendente operacional hospitalar da entidade.

Segundo  pesquisa realizada pela CBVE (Conselho Brasileiro de Voluntariado Empresarial), a consciência da contribuição coletiva é um dos fatores mais importantes apontados por aqueles que atuam em projetos de voluntariado.

“A atuação não traz só o fortalecimento positivo da marca de uma empresa, mas uma série de oportunidades de evolução pessoal. Normalmente, após participar de programas como este, as pessoas ampliam sua ótica sobre a vida, reavaliam sua história e passam a ter atitudes mais positivas, vivendo com mais alegria e disposição”, afirma Marcos Neles Anacleto, superintendente de operadora de saúde e marketing.

Ser voluntário é algo acolhedor e enriquece nossa bagagem social, pois estimula o espírito colaborativo, o comprometimento, o trabalho em equipe, a proatividade e a liderança. “Quem participa de programas como este sempre descobre novas potencialidades, além disso, amplia sua visão de mundo e seus círculos de relacionamentos.”, enfatiza Hamilton Inforzato Fanele, gerente de Recursos Humanos do Sepaco.

“É importante fortalecer esta corrente do bem para que o voluntariado não seja apenas parte de uma ação, mas sim a oportunidade de ser útil ajudando pessoas carentes”, destaca Rafael Parri, superintendente geral da entidade.

Os interessados deverão procurar o próprio hospital para inscrever-se. Será oferecido um curso inicial sobre o tema e palestras explicativas sobre o programa.

Serviço:

Onde? Hospital Sepaco – Recursos Humanos
Endereço? R. Vergueiro, 4.210 – Vila Mariana
Quem pode participar? Homens e Mulheres  com idade mínima de 18 anos
Horário? São  2 vezes por semana, no mínimo, 3 horas por dia.
Contatos: (11) 2182-4664 e voluntariado@sepaco.org.br