Find a Doctor

Alimentação saudável

A importância da alimentação saudável

A alimentação saudável é importante em todas as etapas da vida. Mas, durante a gestação as necessidades nutricionais são especiais pois a gestante precisa de mais energia, vitaminas e minerais. Nesta fase não é necessário comer por dois, e sim ter uma alimentação variada e equilibrada, garantindo a ingestão de todos os nutrientes essenciais para o desenvolvimento saudável do bebê e estimulando o aleitamento materno. Fazer uma alimentação saudável também ajuda a prevenir sintomas comuns durante a gestação, como constipação intestinal, fraqueza, enjoos e vômitos.

 

A gestação não é um período para emagrecer, portanto não faça nenhum tipo de dieta ou regime. O ganho de peso deve ser controlado, pois o ganho adequado sem excessos garante uma gestação mais saudável para a mãe e o bebê. O ganho de peso é individual e muda de acordo com o peso antes de engravidar.

 

A alimentação saudável associada à prática regular de atividade física leve e prazerosa ajuda no controle de peso e traz muitos benefícios a gestante e ao bebê. Antes de iniciar os exercícios físicos, consulte seu médico e somente faça atividades orientadas por um profissional.

Hábitos Saudáveis

Realize, no mínimo, 3 refeições diariamente: café da manhã, almoço e jantar. O mais indicado é criar uma rotina alimentar com horários fixos e com intervalos fixos de 3 horas. Assim, você não fica muito tempo sem se alimentar e evita problemas como náuseas, enjoos, vômitos, fraqueza e desmaios. Alimentar-se a cada 3 horas também evita que a refeição seguinte seja em grande quantidade devido à fome excessiva, o que pode causar desconforto abdominal.

Suplementação

A suplementação de ácido fólico é muito importante, principalmente no primeiro trimestre da gestação. Ele diminui os riscos de má formação do tubo neural e previne a anemia. O ferro também deve ser suplementado até o 3º mês após o parto, pois previne anemia por deficiência de ferro, uma vez que nessa fase a necessidade deste nutriente é maior.

Alimentos que devem ser evitados

Alimentos industrializados, ricos em gorduras e condimentos devem ser evitados. Eles estão associados a um maior risco de desenvolvimento de hipertensão arterial, obesidade e doenças do coração, além de possuir uma grande quantidade de gordura, o que pode provocar enjoos, náuseas e vômitos. O excesso de sódio também pode alterar a pressão.

Alimentação na amamentação

A necessidade energética durante a amamentação é muito superior a da gestação e, por causa disto, amamentar ajuda a perder peso. É preciso ter cautela pois este não é um momento de dietas e/ou de restrições alimentares. Mantenha a alimentação saudável realizada durante a gestação, com o fracionamento de 3 em 3 horas, consuma alimentos variados, com preferência aos alimentos naturais e ingira uma boa quantidade de água.

 

 

 

 

Cálculo de ganho de peso gestacional

O ganho de peso gestacional é um importante dado que mostra como está a saúde da gestante. Para começar, calcule o seu Índice de Massa Corporal seguindo a fórmula abaixo:

Exemplo: uma mulher de 65 kg e 1,64 de altura

 

Após calcular o seu IMC, confira na tabela abaixo quantos quilos você poderá ganhar durante toda a gestação: